Meninas Malvadas no WeCoffee. Lançamento do muscal Mean Girls virou colab de marca na cafeteria. Imagem: Mean Girls/Divulgação.

Meninas Malvadas no Wecoffee: sobre a colab e o consumo

Meninas Malvadas no WeCoffee: aquele momento de dissecar um case aqui no Dataísmo. Essa análise busca entender mais o uso dos elementos de Meninas Malvadas, o consumo e como a marca está se aproximando dos consumidores.

WeCoffee: cafeteria aproveita lançamento do musical Mean Girls para criar colaboração especial

Burn Box: especial com produtos feitos na wecoffee em sua colaboração com o musical Meninas Malvadas. Imagem: Divulgação.

A colaboração entre WeCoffee e Meninas Malvadas aposta na união do café com a cultura pop. O combo, que inclui produtos como canecas e camisetas temáticas, busca oferecer uma experiência diferenciada ao consumidor, misturando o sabor do café com elementos do filme.

WeCoffee é uma cafeteria asiática que surgiu em Xangai em 2013 e rapidamente conquistou o mundo com suas bebidas coloridas, além de um ambiente clean e instagramável. A marca chegou ao Brasil em 2022 e já conta com 4 unidades em São Paulo, fazendo fila na porta. 

A rede de cafeterias já realizou outras parcerias no Brasil, incluindo eventos de música e arte, buscando  alcançar diferentes públicos. Cada colaboração é escolhida para refletir os valores da marca e conectar-se com os consumidores de maneira significativa.

Meninas Malvadas no WeCoffee é uma aposta no consumidor de cultura pop e fãs de Mean Girls

Busy Philipps interpreta a Sra. George em Meninas Malvadas da Paramount Pictures. Foto: Divulgação.
Busy Philipps interpreta a Regina George em Meninas Malvadas da Paramount Pictures. Foto: Divulgação.

Brand collaboration (collab ou colaboração entre marcas) é uma ferramenta importante para aumentar o reconhecimento de marca. Ao associar-se com marcas ou franquias reconhecidas, WeCoffee busca ampliar sua visibilidade e atrair novos clientes. Essa estratégia também ajuda a fortalecer a lealdade dos clientes existentes.

No Brasil, o combo WeCoffee e “Meninas Malvadas” é disponibilizado em estados como São Paulo e Rio de Janeiro. O valor do combo varia de acordo com a localização e os itens inclusos, sendo posicionado como um produto de qualidade superior (café premium). A WeCoffee tem posicionamento de se propor a ser marca de café de qualidade e compromisso com a sustentabilidade. 

"Isso é tão barro". Publicação do Instagram da WeCoffee.

Em sua divulgação, a marca usa o tom de voz da produção Meninas Malvadas para sua comunicação, como podemos ver em seu Instagram: “vem provar a bebida ‘mais barro’ de todas!” e “Desperte a Regina George que existe dentro de você e prove que você não pode evitar ser tão popular”. A WeCoffee criou unidades temáticas de Mean Girls no MorumbiShopping, Ibirapuera (Rua Diogo Jacome, 598) e Paulista (Av. Paulista,1111), todas em São Paulo (SP).

Alguns produtos resultado da parceria de Meninas Malvadas no WeCoffee

Copo e bebidas temáticos da parceria entre WeCoffee e Meninas Malvadas. Imagem: Divulgação.
Burn Box: especial com produtos feitos na Wecoffee em sua colaboração com o musical Meninas Malvadas. Imagem: Divulgação.

‘Burn Box’ Meninas Malvadas: contém:

  • Pink Fetch: bebida à base de sorvete de baunilha e framboesa, finalizada com chantilly, framboesas e o rosa natural da pitaya. 
  • The Plastics: leva espresso, calda e leite de morango artesanal, morangos frescos e cranberry em pó.
  • Is Croissant a Carb?: croissant de salame com queijo gouda, pasta de manjericão e rúcula. 
  • Entremet Kiss: delicado mousse de chocolate em formato de boca que tem recheio de caramelo salgado e base de bolo de chocolate. 

Ao comprar o ‘Plastic Cup’ separadamente, o(a) consumidor(a) ganha mais um para compartilhar com sua “amiga poderosa”.

Moletom: usa o “burn book” e outras estampas ligadas a Mean Girls.

Os produtos são válidos para todas as unidades e enquanto durarem os estoques.

O marco da marca: Meninas Malvadas

Mean Girls: In wednesdays we wear pink. Imagem: Divulgação.
Mean Girls: In wednesdays we wear pink. Imagem: Divulgação.

A nova trama de Meninas Malvadas é assinada por Tina Fey, que faz parte do elenco da produção original, com direção de Samantha Jayne e Arturo Perez Jr.. o diretor também se mantém: Mark Waters. O que muda é o formato. E agora o filme vira outra produção, um musical.

“Meninas Malvadas” é repleto de elementos temáticos que se tornaram ícones culturais. O filme original popularizou frases como “On Wednesdays we wear pink” (Às quartas usamos rosa), que se tornou uma referência à vestimenta das personagens principais em um dia específico da semana. Frases como “She doesn’t even go here” (Ela nem estuda aqui) e “That’s so fetch” (Isso é tão barro) também se tornaram amplamente reconhecidas e frequentemente citadas pelos fãs.

Outro artigo marcante é o “Burn Book”, um diário onde as personagens escrevem segredos e fofocas sobre outros estudantes.

Esses elementos e frases são utilizados na colaboração da WeCoffee com “Meninas Malvadas”, criando uma conexão direta com os fãs do filme e enriquecendo a experiência do consumidor.

Mean Girls: o primeiro filme de Meninas Malvadas também contou com Tina Fey. Imagem: Divulgação.
Mean Girls: o primeiro filme de Meninas Malvadas também contou com Tina Fey. Imagem: Divulgação.

O filme original de “Meninas Malvadas” foi dirigido por Mark Waters e escrito por Tina Fey, ambos contribuindo significativamente para o sucesso e impacto cultural do filme. A direção e roteiro ajudaram a criar um filme que não só captura a essência da vida escolar, mas também ressoa com o público por meio de seu humor e personagens memoráveis.

Em outras palavras

Em resumo, a parceria entre WeCoffee e “Meninas Malvadas” é uma forma de unir o consumo de café com elementos da cultura pop. Através de suas colaborações, a WeCoffee busca ampliar seu alcance e fortalecer sua marca no mercado brasileiro. Seguindo o modelo das cafeterias de Xangai, tem ambientes decorados com elementos da WeCoffee ou temáticos de suas campanhas especiais. Ter espaços instagramáveis (que permitem fotos para o Instagram com cenários pré-prontos) é um ambiente que permite fotografar e publicar nas redes sociais, gerando marketing orgânico pelos visitantes e consumidores.

A inclusão de “Meninas Malvadas” nessa estratégia é uma maneira de conectar-se com um público diversificado, oferecendo uma nova experiência de consumo.

Saiba mais sobre a WeCoffee

WeCoffee lançou uma nova versão de sua imagem, e seu logo ficou com a aparência temporária com elementos de Meninas Malvadas. Imagem: Divulgação.
WeCoffee lançou uma nova versão de sua imagem, e seu logo ficou com a aparência temporária com elementos de Meninas Malvadas. Imagem: Divulgação.

A We Coffee, surgida em Xangai, chegou ao Brasil em 2022 e em 2024 possui quatro unidades. Oferece bebidas, cuja a estrela do show são os cafés especiais com toppings criativos, como chantilly colorido, glitter comestível e desenhos feitos com chocolate. Além disso, há chás gelados, smoothies e outras opções. A We Coffee também oferece sanduíches, croissants, bolos e outras opções para um lanche rápido ou um café da manhã completo.

A marca se destaca pela experiência, usando estética moderna e futurista, com elementos que remetem à cultura oriental. As lojas são espaços instagramáveis, favorecendo quem busca um lugar para relaxar e tirar fotos. A We Coffee é muito ativa nas redes sociais, onde compartilha fotos dos produtos, novidades da marca e promoções. A empresa não divulga dados específicos sobre o lucro no Brasil, mas estima-se que a rede fature milhões de dólares por ano.

***

Fontes usadas para criar esse post: Instagram WeCoffee, site WeCoffee e informações dos releases da marca. Insights criados especialmente para esse artigo.

***

Para continuar a conversa

Meninas Malvadas no Wecoffee: sobre a colab e o consumo Read More »

O varejo brasileiro em 2023 teve crescimento e desafios. Registrou alta de vendas, destacando-se setores como veículos e farmacêuticos, mas enfrentou quedas em segmentos como vestuário e papelaria. A migração para o digital continua a influenciar o cenário.

Varejo brasileiro em 2023: consumo e tendências para 2024

O comércio varejista no Brasil em 2023 conquistou crescimento, com um aumento de 1,7% em suas vendas, superando o ano anterior, que fechou com alta de 1%. Apesar da queda de 1,3% em dezembro, o resultado anual foi positivo, conforme dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse desempenho é significativo, mantendo uma tendência de seis anos consecutivos de expansão do setor.

Leia mais sobre as atividades em alta, setores que caíram, análise do IBGE e mais insights ao final.

Atividades em alta no varejo brasileiro em 2023

Entre as 11 atividades pesquisadas no varejo, sete registraram crescimento em 2023. Destacam-se os setores de veículos e motos, partes e peças, com uma elevação de 8,1%; artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, com aumento de 4,7%; e combustíveis e lubrificantes, com 3,9%. Esses números indicam uma recuperação notável em setores que enfrentaram desafios significativos, como o de veículos, que passou por um período de baixas receitas, especialmente após os impactos da pandemia de COVID-19.

O varejo brasileiro em 2023 teve crescimento e desafios. Registrou alta de vendas, destacando-se setores como veículos e farmacêuticos, mas enfrentou quedas em segmentos como vestuário e papelaria. A migração para o digital continua a influenciar o cenário.
O varejo brasileiro em 2023 teve crescimento e desafios. Registrou alta de vendas, destacando-se setores como veículos e farmacêuticos, mas enfrentou quedas em segmentos como vestuário e papelaria. A migração para o digital continua a influenciar o cenário.

Setores que caíram no varejo brasileiro em 2023

Por outro lado, algumas atividades enfrentaram quedas, como outros artigos de uso pessoal e doméstico, com uma redução de 10,9%, e tecidos, vestuário e calçados, com queda de 4,6%. Esses resultados podem ser atribuídos a fatores específicos, como crises contábeis em grandes marcas do setor de lojas de departamento e mudanças no comportamento de consumo após a pandemia.

A visão do IBGE sobre o varejo brasileiro

De acordo com Cristiano Santos, gerente da pesquisa do IBGE, a migração dos produtos físicos para os meios digitais continua sendo uma tendência observada, especialmente em categorias como livros, jornais, revistas e papelaria, que registraram uma queda de 4,5% em 2023. Esse movimento indica uma mudança estrutural no comportamento do consumidor, impactando diretamente o desempenho desses setores.

Em outras palavras

O varejo brasileiro em 2023 mostrou-se resiliente, com setores como veículos e farmacêuticos impulsionando o crescimento, enquanto outros, como vestuário e papelaria, enfrentaram desafios decorrentes de mudanças nas preferências dos consumidores. A migração para o ambiente digital continua a moldar o cenário varejista, exigindo adaptação e inovação por parte dos comerciantes para se manterem competitivos em um mercado em constante evolução.

Fonte: Texto escrito com dados da Agência Brasil (EBC) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Para continuar a conversa:

Varejo brasileiro em 2023: consumo e tendências para 2024 Read More »

Rolar para cima