5 tendências nos jogos online em 2022

5 tendências dos jogos onlines: NFTs e blockchain, costreaming, ligas oficiais e profissionais, novas estratégias de monetização e jogos mobile em crescimento com o amadurecimento de tecnologias 5G em todo o mundo.

  1. NFTs e blockchain monetizando f√£s

Os patroc√≠nios foram a base das receitas dos e-sports, que representaram quase 60% das receitas em 2021. O p√ļblico de e-sports √© jovem, diversificado e crescente, tornando a ind√ļstria um √≠m√£ para atrair patroc√≠nios de marcas. Mas com o crescimento do mercado de jogos, as empresas t√™m investido em novas tecnologias aliadas a novas formas monetiza√ß√£o, a fim de diversificar e ampliar os seus ganhos. Esse cen√°rio favorece NFTs e blockchain, que t√™m ganhado cada vez mais espa√ßo.

De acordo com a consultoria especializada em jogos Newzoo, at√© agora o p√ļblico de e-sports tem sido receptivo sobre blockchain e NFTs. Os jogadores s√£o nativos digitais e, portanto, curiosos e receptivos √†s novas tecnologias. Ainda possuem mais renda dispon√≠vel do que a popula√ß√£o online em geral (75% do p√ļblico de e-sports tem uma alta renda familiar, sugerindo que eles s√£o mais propensos a comprar produtos digitais especulativos).

  1. Jogos no smartphone têm predominado

O aumento da cobertura da internet 5G tem permitido jogos mais est√°veis e vi√°veis nos smartphones. A Am√©rica do Sul e o Sudeste Asi√°tico t√™m crescido e se destacado nos √ļltimos anos, enquanto os mercados da Am√©rica do Norte t√™m ganhado mais for√ßa com o amadurecimento da tecnologia.¬†

  • Em 2021, havia 3,9 bilh√Ķes de usu√°rios de smartphones em todo o mundo. (Newzoo)
  • Os gastos do consumidor de jogos para dispositivos m√≥veis atingiram US$ 116 bilh√Ķes em 2021 ‚Äď 16 bilh√Ķes a mais do que em 2020. (AppAnnie)
  • Os gastos dos jogadores devem chegar a US$ 138 bilh√Ķes at√© 2025. (SensorTower)

Dentre os jogos, existe espaço para todas as idades. A diferença é o tipo de cada um.

  • Os jogadores da gera√ß√£o Z¬† (nascidos entre 1997 e 2012) preferem o g√™nero battle royale, sandbox e MOBA. Fortnite, Roblox, Minecraft e Among Us.
  • Os millennials¬† gostam mais de jogos de RPG, estrat√©gia e aventura, como Hearthstone.
  • Os jogadores da gera√ß√£o X gostam principalmente de quebra-cabe√ßa, tiro e esportes.
  • Os Baby Boomers tamb√©m gostam de quebra-cabe√ßas e role playing games (RPG). Dentre os preferidos, encontram-se Candy Crush Saga, Minecraft, Grand Theft Auto (GTA), Call of Duty, The Sims, Super Mario, Animal Crossing, Counter Strike, Doom Eternal.
  1. Esportes tradicionais e jogos online se encontram: é o caso de NBA e outras ligas que se tornaram digitais

Existem tr√™s grandes ligas citadas pela Newzoo: League of Legends: Wild Rift da Riot, um dos maiores ecossistemas de jogos do planeta, com ligas regionais no Brasil, Jap√£o, Am√©rica do Norte e Sudeste Asi√°tico; Honor of Kings da Tencent, um dos jogos mais populares do planeta, com jogos em todos os n√≠veis, premia√ß√Ķes de at√© US $ 10 milh√Ķes, e que est√° se expandindo para novas regi√Ķes criando ligas profissionais; e a Moonton’s Mobile Legends: Bang Bang, de forte presen√ßa no Sudeste Asi√°tico, com planos de expandir-se no Brasil e outras regi√Ķes.

  1. Co-streaming: jogos e streaming se tornam mais próximos com as marcas

Co-streams s√£o as retransmiss√Ķes autorizadas de um evento, acompanhadas de coment√°rios ao vivo durante os jogos. De acordo com a NewZoo, a democratiza√ß√£o das transmiss√Ķes de e-sports e permitir o co-streaming tornou-se extremamente popular.¬†

√Č uma ferramenta comprovada para editores e organizadores aumentarem o seu p√ļblico total. Ao mesmo tempo, permitir o co-streaming √© mais transparente e mostra confian√ßa no conte√ļdo ‚Äď duas coisas que os f√£s de e-sports e streaming apreciam. Os resultados t√™m sido promissores at√© agora.¬†

Cerca de 31% das horas assistidas dos 10 principais eventos de e-sports norte-americanos do segundo trimestre vieram de canais de co-streaming. Ano após ano, as horas de exibição em co-streaming aumentaram 5 pontos percentuais (de acordo com o dacast).

  1. Live streaming se torna mais interativo e monetizado

A monetização de vídeos está crescendo para emissoras e marcas online.

O conte√ļdo ao vivo tem sido cada vez mais monetizado em diversas plataformas, como o Youtube, Facebook Gaming e Twitch. Para os criadores, quanto mais pessoas assistirem, maiores ser√£o seus ganhos. Os valores podem ser enviados pela audi√™ncia (uma esp√©cie de gorjeta) ou os produtores serem pagos pelas pr√≥prias plataformas.

Os an√ļncios em v√≠deo cresceram 46% em 2020, com o conte√ļdo ao vivo dobrando a participa√ß√£o de mercado. Prev√™-se que a ind√ļstria de v√≠deo online valha US$ 124,6 bilh√Ķes at√© 2025.

Especialistas esperam que o valor total das assinaturas globais de v√≠deo atinja US$ 338 milh√Ķes este ano. Mais da metade dos espectadores relatam que preferem assistir a uma transmiss√£o ao vivo com an√ļncios em vez de pagar uma taxa de assinatura.

A fam√≠lia m√©dia dos EUA agora cont√©m uma m√©dia de cinco dispositivos de streaming, com 18% com 10 ou mais. 76% dos lares de banda larga dos EUA agora t√™m assinaturas OTT. Espera-se que a receita de an√ļncios do streaming de v√≠deo OTT atinja US$ 129 bilh√Ķes at√© 2023 (de acordo com o StreamHatchet).

Tendências e dados da NewZoo, StreamHatchet, dacast, Stannah Research, AppAnnie e SensorTower.

5 pontos do sucesso de Olivia Rodrigo: sucesso no Grammy e hit da internet

Olivia Rodrigo levou 3 pr√™mios no Grammy 2022. Mas o seu sucesso vem desde 2021, e a sua vida foi transformada pela internet. A cantora e compositora de 19 anos fez m√ļsicas que grudaram na cabe√ßa dos jovens e gerou nostalgia nos mais velhos.

Listo aqui 5 pontos que contribuíram:

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour

Hit chiclete. Para os mais jovens, trouxe o pop-punk de volta, em um som mais diferente do que o pop mais tradicional que costuma tocar (e que tem efeito de grudar nos ouvidos). Seu som também gerou nostalgia nos mais velhos: lembrou Avril Lavigne (Complicated, I’m with you e Sk8ter boy), Blink 182 (What’s my age again e I miss you) e bandas como My Chemical Romance, conquistando os millennials. 

Identifica√ß√£o. As letras s√£o amores e sentimentos universais e tamb√©m sobre ser adolescente. Escrevendo sobre os sentimentos da sua idade, gerou identifica√ß√£o com o p√ļblico.

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour

Identidade visual. A capa do seu álbum, com adesivos no rosto e a língua para fora, virou filtro de fotos e vídeos nas redes sociais rapidamente. As bijuterias com miçangas coloridas também foram hit e lojas disponibilizaram (e esgotaram) os colares e anéis com a estética de Sour.

Divulga√ß√£o. Al√©m da estrat√©gia digital bem estruturada, tamb√©m montou uma a√ß√£o de lan√ßamento f√≠sico em um lava-jato que reproduzia as m√ļsicas. Os f√£s se encontraram com a cantora fisicamente no dia da estreia. Com isso, foram mais de 60 milh√Ķes de reprodu√ß√Ķes no Spotify apenas no primeiro dia. E a a√ß√£o f√≠sica gerou conte√ļdo gratuito dos f√£s, que divulgaram as fotos com a cantora e a experi√™ncia Sour.

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour

Efeito buzz marketing. Logo virou trend/desafio. Os mais jovens usaram as suas m√ļsicas como trilha sonora. E os millennials entraram nas trends com dublagem dos sons de Rodrigo, se perguntando o porqu√™ de terem gostado tanto (a resposta est√° na nostalgia de pop-punk e emo das m√ļsicas que lembram bandas como Paramore).

Dados do sucesso de Olivia Rodrigo

Depois de sair da Disney, em 2016, e come√ßar a criar m√ļsicas autorais em 2018, ela logo atingiu o topo das paradas de m√ļsica em plataformas de m√ļsica e conquistou grandes posi√ß√Ķes no ranking mundial de mais tocadas na Billboard.

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour

De acordo com o ranking Hits Daily Double, durante o ano de 2021 Olivia Rodrigo conquistou o segundo lugar de mais tocadas nos Estados Unidos com 581 milh√Ķes de reprodu√ß√Ķes em ‚ÄúDrivers License‚ÄĚ, ficando atr√°s apenas de Dua Lipa, com 606 milh√Ķes em ‚ÄúLevitating‚ÄĚ. ‚ÄúGood 4 You‚ÄĚ ficou em terceiro lugar, com 557 milh√Ķes de plays. O primeiro semestre de 2021 foi acirrado e o mais representativo, pois foi quando Rodrigo ultrapassou Dua e se firmando como o maior sucesso do per√≠odo.

A partir do primeiro semestre de 2021, ela tamb√©m atingiu uma das m√ļsicas mais ouvidas do mundo em v√°rios streamings do planeta. Com isso, tornou-se Woman of the Year na Billboard (Mulher do ano).

Os artistas da geração de Olivia Rodrigo conquistaram 60% dos 50 maiores álbuns de 2021, e Olivia disputou espaço com Morgan, Doja Cat, The Kid e Dua Lipa. Todos os mais jovens concorreram por espaço com os veteranos hitmakers Drake, Adele, Justin Bieber e The Weeknd (Daily Hits Double).

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour

Sucesso mundial e relação com a internet

Em entrevista para a People, a cantora revelou o estranhamento de ter crescido na internet e como isso se reflete na sua imagem. “√Č dif√≠cil crescer nas m√≠dias sociais. Voc√™ v√™ as partes perfeitas da vida das pessoas e √© dif√≠cil n√£o comparar sua vida. No entanto, a Gera√ß√£o Z traz mudan√ßa positiva, educa√ß√£o e inclus√£o. H√° o bem e o mal em tudo‚ÄĚ.¬†

De acordo com a compositora, as pessoas v√™em vers√Ķes dela, e ela, das pessoas. A compara√ß√£o muitas vezes √© inevit√°vel. Mas ao mesmo tempo, reconhece que a gera√ß√£o Z tamb√©m pode discutir assuntos como diversidade e inclus√£o, positivos e importantes para a sociedade atual.¬†

Olivia Rodrigo conquista prêmios no Grammy e é sucesso nas redes sociais. Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour
Imagem: Divulgação/Olivia Rodrigo no álbum Sour