"Luxo consciente": cresce consumo de segunda mão em 2023

Mercado de luxo e sustentabilidade: cresce consumo de segunda mão

A Farfetch Limited, uma das principais plataformas globais da indústria de luxo, lançou a sua edição 2023 do “Relatório de Tendências de Luxo Consciente”. Este terceiro relatório anual oferece uma visão profunda sobre como os consumidores estão mudando seus hábitos de compra ligados à sustentabilidade, e também destaca as oportunidades e inovações significativas no cenário da indústria do luxo.

Abaixo, seguem alguns dados e tendências do consumo de luxo e moda:

Demanda por produtos conscientes

A demanda global por produtos conscientes continua a crescer, trazendo oportunidades para as marcas: a taxa de conversão de produtos conscientes é 10% maior quando comparada com itens considerados não conscientes. 

Além disso, as vendas desses produtos tiveram um crescimento, superando as vendas gerais em 16 pontos percentuais. Em 2021, apenas 16% dos clientes da plataforma compraram pelo menos um item consciente, mas em 2022, esse número aumentou para impressionantes 27%.

Estados Unidos lideram o ranking

Quando se trata de consumidores que adotam práticas conscientes, os Estados Unidos lideram especialmente em compras de segunda mão. Por outro lado, Kuwait e China se destacam com a maior proporção de vendas conscientes, representando 17% do GMV (Volume Bruto de Mercadorias). 

Os Emirados Árabes Unidos se destacam por seu impressionante crescimento nas vendas de produtos usados, com um aumento anual de 246% no GMV.

Moda e beleza ligadas à consciência de consumo

O relatório mostra que os consumidores estão cada vez mais em busca de produtos conscientes. Crescem os interesses dos consumidores de moda e beleza no segmento. 

Termos de pesquisa relacionados à categoria “Conscious” aumentaram 78% anualmente. No mundo da moda, os principais termos de pesquisa consciente em 2022 incluíram “Linho”, “Vegano” e “Orgânico”. De forma semelhante, no setor de beleza, os principais termos foram “Vegano”, “Limpo” e “Orgânico”.

Itens usados

Produtos usados estão se tornando cada vez mais atraentes para os consumidores de luxo, mas a autenticidade é uma preocupação central. Em 2022, 34% dos entrevistados relataram ter comprado pelo menos um item usado ou vintage, um aumento notável em relação aos 20% de 2021. 

Os Private Clients da Farfetch representaram 53% do GMV de produtos usados em 2022, um aumento significativo em relação aos 31% em 2021. 

Os clientes premium também estão dispostos a gastar mais, com o preço médio de venda (ASP) dos itens usados adquiridos por eles chegando a US$ 4.626, um aumento de 41% em relação à média da categoria. 

Além disso, 78% dos clientes consideram a autenticidade certificada “extremamente importante” ou “muito importante” ao comprar produtos usados.

Economia circular também cresce

Iniciativas de consumo circular (que prolongam a vida útil de produtos de moda) estão ganhando popularidade.

  •  Quase metade dos clientes da Farfetch participaram de iniciativas de revenda em 2022.
  • Em 2022, 46% dos clientes venderam um item de moda, em comparação com 22% em 2021.
  • A porcentagem de clientes que doaram um item de moda usado aumentou de 20% em 2021 para 39% em 2022. 
  • O número de clientes que consertaram um item de moda também cresceu, de 13% em 2021 para 34% em 2022.

Tecnologia Virtual Try-On

A inovação tecnológica está desempenhando um papel importante na sustentabilidade. 

A tecnologia Virtual Try-On (VTO) se destacou, proporcionando uma visão de 360 graus das peças de roupa ajustadas ao corpo, reduzindo as taxas de devolução. Quando os clientes usam o VTO, as taxas de devolução de calçados diminuem em 13% e de bolsas em 14% em comparação com quando não utilizam essa ferramenta.

Mudanças no consumo de luxo

Thomas Berry, Diretor Sênior de Negócios Sustentáveis da Farfetch, ressaltou a importância desse relatório:

“Aqui na Farfetch, estamos comprometidos em promover mudanças positivas na indústria do luxo. O relatório de tendências conscientes de luxo deste ano destaca o progresso notável em toda a indústria e as oportunidades significativas para as marcas alinharem-se aos valores dos consumidores, contribuindo para o avanço social e ambiental. Ao adotar a sustentabilidade como imperativo estratégico, as marcas podem não apenas atender à crescente demanda por produtos conscientes e serviços circulares, mas também moldar um futuro mais sustentável e inclusivo para a indústria do luxo.”

Sobre a Farfetch Limited

A Farfetch Limited é uma plataforma global da indústria da moda de luxo, conectando criadores, curadores e consumidores. Fundada em 2007 por José Neves, a empresa começou como um marketplace para boutiques de luxo em todo o mundo. Atualmente, a Farfetch também inclui unidades de negócios adicionais, como a Browns e a Stadium Goods, que oferecem produtos de luxo aos consumidores, além do New Guards Group, uma plataforma para o desenvolvimento de marcas de moda globais. A Farfetch oferece canais voltados para o consumidor e soluções empresariais para o segmento de luxo. Como parte de seus esforços em direção à sustentabilidade, a Farfetch busca atender à crescente demanda por produtos conscientes e serviços circulares, contribuindo para um futuro mais sustentável e inclusivo na indústria.

Mais conteúdos

Rolar para cima