Cara App: aplicativo para artistas sem IA

Cara App: aplicativo para artistas que oferece opção de retirar IA.

Cara App se posiciona junto dos artistas contra a IA. Sua história, origem, inspirações e como se tornou uma ferramenta contra a mimetização de estilos artísticos por modelos de IA.

O Cara App tem se destacado como uma plataforma para artistas contra o uso de Inteligência Artificial, protegendo suas criações contra a mimetização de estilo por modelos de IA. 

A parceria com o projeto Glaze trouxe uma camada adicional de proteção, disruptando a capacidade dos modelos de IA de replicar estilos artísticos. Com mais de 650 mil usuários, o Cara App cresceu rapidamente em resposta às preocupações dos artistas com as políticas de IA de outras plataformas. 

Desde seu lançamento, o Cara App experimentou um crescimento explosivo, especialmente após os artistas expressarem insatisfação com as políticas de IA das redes sociais.

Em uma semana, a plataforma passou de 40 mil para 650 mil usuários, destacando-se no topo das classificações da App Store. Este boom de usuários trouxe desafios significativos para a equipe de voluntários que mantém a plataforma. A fundadora Jingna Zhang, uma fotógrafa que lidera o projeto, informa que o projeto é suportado por uma equipe de voluntários. O Cara App aplica automaticamente o Glaze a novas postagens, permitindo aos artistas ajustar a intensidade da proteção.

A plataforma também implementa tags “NoAI” para desencorajar a raspagem de dados por IA. Este compromisso com a proteção dos direitos dos artistas levou a um aumento significativo no número de usuários, apesar dos desafios técnicos enfrentados pela equipe.

O surgimento de plataformas de inteligência artificial que replicam estilos artísticos sem consentimento levantou preocupações entre artistas de todo o mundo. Em resposta, o Cara App se posicionou como um bastião de proteção para artistas, oferecendo ferramentas para proteger suas obras de serem usadas sem permissão.

O Cara App foi lançado em 2023, logo após protestos significativos contra imagens geradas por IA. Jingna Zhang, fotógrafa profissional e fundadora do Cara, criou a plataforma para proporcionar um espaço seguro onde artistas poderiam compartilhar suas obras sem o medo de terem seus estilos mimetizados por IA. Zhang, que também é conhecida por sua defesa dos direitos dos artistas, foi fundamental na concepção do Cara como um ambiente centrado nas necessidades do artista preocupado com suas obras.

Mais sobre o Cara App e seu posicionamento junto à classe artística

Cara x Glaze: proteja sua arte. Sistema Glaze junto à plataforma Cara App retira o uso da inteligência artificial dos trabalhos dos artistas. Imagem: Divulgação, Cara App.
Cara x Glaze: proteja sua arte. Sistema Glaze junto à plataforma Cara App retira o uso da inteligência artificial dos trabalhos dos artistas. Imagem: Divulgação, Cara App.

Como o Cara App foi criado

A inspiração para o Cara App surgiu das experiências pessoais de Zhang com o uso não autorizado de suas fotografias. Em um caso notável, ela ganhou um recurso em um tribunal de Luxemburgo contra um pintor que copiou uma de suas fotos para uma revista. Esta experiência moldou sua visão sobre a necessidade de um espaço onde os direitos dos artistas fossem respeitados e protegidos.

A colaboração com o projeto Glaze foi um marco importante para o Cara App. O Glaze, desenvolvido pelo SAND Lab da Universidade de Chicago, protege artistas ao disruptar a mimetização de estilos durante o treinamento de modelos de IA. Este recurso foi integrado ao Cara, permitindo que os artistas aplicassem automaticamente o Glaze às suas postagens, ajustando a intensidade da proteção conforme necessário.

Como funciona o Cara Glaze?

O Cara Glaze permite que os usuários criem novas postagens com imagens automaticamente protegidas pelo Glaze. As imagens podem ser carregadas individualmente ou em lote, e os usuários recebem notificações quando o processo de Glaze é concluído. O Glaze atua de forma eficaz ao alterar os padrões de estilo nas imagens, tornando difícil para os modelos de IA replicarem o estilo original do artista.

Aumento de usuários: desafios técnicos e soluções

Com o aumento repentino de usuários, o Cara App enfrentou desafios técnicos, como problemas de login e sobrecarga de servidores em maio de 2024. A equipe de Zhang trabalhou para resolver esses problemas e melhorar a estabilidade da plataforma. A colaboração com empresas de hospedagem web, como a Vercel, foi crucial para lidar com o aumento da demanda.

O futuro do Cara App conta com planos de expandir suas funcionalidades e continuar a proteger os direitos dos artistas. Zhang e sua equipe estão comprometidos em manter a plataforma como um espaço livre para artistas de todo o mundo. A integração futura de novas ferramentas de proteção, como o Nightshade, reforça o compromisso do Cara em liderar a luta contra o uso não autorizado de obras de arte por IA.

A resposta da comunidade artística ao Cara App tem sido extremamente positiva. Muitos artistas veem a plataforma como um refúgio contra as práticas invasivas de outras plataformas que utilizam suas obras para treinar modelos de IA. A implementação de tags “NoAI” em todas as imagens postadas é um exemplo do compromisso do Cara em proteger os direitos dos artistas.

Em outras palavras

O Cara App se estabeleceu como uma plataforma para artistas que buscam proteger suas obras contra a mimetização de estilo por IA. Com uma equipe dedicada e uma comunidade crescente, o Cara continua a oferecer um espaço  para artistas compartilharem suas criações. A colaboração com o projeto Glaze e a implementação de medidas de proteção adicionais demonstram o compromisso contínuo do Cara com a defesa dos direitos dos artistas.

Rolar para cima