NFTs movimentam US$ 25 bilh√Ķes em 2021, veja 5 marcas que entraram na tend√™ncia

Primeiro, qual o motivo de falar de NFTs? Por ser ¬†uma das apostas para 2022. √Č um ativo digital exclusivo e de alta tecnologia. Os NFTs movimentaram cerca de US$ 25 bilh√Ķes em 2021 no e-commerce mundial.¬† Dentre elas, Barbie com Balmain, Dolce&Gabbana, Louis Vuitton, Nike, Balenciaga.

O volume de vendas era de apenas US$ 94,9 milh√Ķes no ano anterior. O DappRadar coletou dados em dez blockchains diferentes, que s√£o usados para registrar quem possui o NFT.¬†

De acordo com Digi-Capital’s AR/VR Analytics Platform, o investimento em realidade aumentada e realidade cresceu e ainda deve aumentar. Os casos de uso comercial devem receber o maior investimento em 2024 s√£o treinamento e manuten√ß√£o industrial, com 4.1 bilh√Ķes de d√≥lares previstos para serem investidos em ambos os campos. Jogos de RV, visualiza√ß√£o de v√≠deo/recursos de RV e jogos de RA comp√Ķem os tr√™s maiores casos de uso do consumidor para realidade aumentada e virtual (AR/VR), com 17,6 bilh√Ķes de d√≥lares americanos previstos para serem gastos em 2024.

5 marcas que já investem na criação de NFTs

Barbie x Balmain (Mattel)

Barbie x Balmain: NFT. Imagem: Reprodução: Mattel
Barbie x Balmain: NFT. Imagem: Reprodução: Mattel

Cole√ß√£o limitada. “Juntas, Barbie e Balmain est√£o criando um novo cap√≠tulo no legado das ind√ļstrias de brinquedo e moda“, disse Richard Dickson, presidente da Mattel.¬†

‚ÄúPara esta colabora√ß√£o, estamos desenvolvendo o novo estilo franc√™s das cole√ß√Ķes mais recentes da Balmain, mais uma vez mostrando que a Balmain √© inspirada pela beleza verdadeiramente diversa e emocionante encontrada nas avenidas e avenidas parisienses de hoje. Esta cole√ß√£o tamb√©m rejeita quaisquer limita√ß√Ķes de g√™nero arbitr√°rias ‚Äď esta √© uma cole√ß√£o quase 100% unissex. Pois, assim como a Barbie de hoje deixa claro, n√£o h√° mais nada nos segurando!‚ÄĚ complementa Oliver Rousteing.

De acordo com a marca, a primeira coisa que voc√™ notar√° √© ‚Äúall pink‚ÄĚ (todo rosa). ‚ÄúIsso faz todo o sentido, √© claro ‚Äď para uma colabora√ß√£o com a Barbie, voc√™ aposta no rosa, j√° que essa cor se tornou sin√īnimo da marca. Assim, o diretor criativo da Balmain, Olivier Rousteing, projetou a paleta da cole√ß√£o para evoluir dos blushes mais suaves para uma s√©rie de tons mais fortes. Olivier Rousteing e sua equipe de design da Balmain tamb√©m se inspiraram na conhecida iconografia brilhante do universo Barbie. Camisetas e moletons canalizam habilmente o tratamento gr√°fico ousado que se reconhece imediatamente como da Barbie ‚Äď e muitos dos acess√≥rios s√£o h√≠bridos inventivos das bolsas exclusivas da Balmain e da embalagem da Barbie. Grande parte desta cole√ß√£o de edi√ß√£o limitada brinca com novos toques nas assinaturas familiares da Balmain, incluindo a ic√īnica marini√®re da casa e seu hipnotizante padr√£o Labyrinth‚ÄĚ explica a marca no site oficial da campanha.

Dolce&Gabbana

Dolce¨&Gabbana: NFT. Imagem: Reprodução/DG
Dolce&Gabbana: NFT. Imagem: Reprodução/DG

Surpresa na passarela. No final de 2021, lan√ßou Collezine Genesi, sua primeira cole√ß√£o de alta costura digital. De acordo com a marca, foi pensada para ser atrativa nas tr√™s dimens√Ķes: a digital, a f√≠sica e a da experi√™ncia.¬†

Cinco das pe√ßas foram cria√ß√Ķes f√≠sicas, desenhadas e executadas pela Dolce&Gabbana, com ativos digitais da UNXD para o metaverso: duas vers√Ķes de The Dress from a Dream, em ouro e prata, ambas com contas cintilantes e detalhes em cristal; O Glass Suit, um terno masculino verde esmeralda, igualmente embelezado; e duas coroas de prata banhadas a ouro e cravejadas de pedras preciosas, chamadas The Lion Crown e The Doge Crown. As outras quatro pe√ßas foram exclusivamente digitais: tr√™s jaquetas masculinas ricamente bordadas e The Impossible Tiara, feita de ‚Äújoias que n√£o podem ser encontradas na Terra‚ÄĚ, como Dolce & Gabbana explicou no Twitter. Com base em esbo√ßos dos designers da marca, Domenico Dolce e Stefano Gabbana, eles foram constru√≠dos pela UNXD, usando o blockchain Polygon, explica a marca.¬†

‚ÄúN√£o se trata de nostalgia‚ÄĚ, disse Dolce em entrevista ao Luxury London. ‚ÄúTradi√ß√£o e inova√ß√£o t√™m sido dois temas essenciais para n√≥s desde o in√≠cio ‚Äď quando come√ßamos, fomos transportados pela inova√ß√£o; ent√£o descobrimos que ainda precis√°vamos de nossas ra√≠zes. Quer√≠amos entender, em uma era como essa, onde existe uma nova gera√ß√£o digital, como podemos conversar e dialogar melhor com nossas experi√™ncias, tradi√ß√Ķes e o artesanal, e aliar tudo isso √† inova√ß√£o. Al√©m disso, a tradi√ß√£o n√£o tem sentido se n√£o houver inova√ß√£o e vice-versa. Assim como n√£o h√° Dolce sem Gabbana!‚ÄĚ.

Nike

Nike e RTFKT no metaverso, criando NFTs de tênis. Imagem: Reprodução/Instagram RTFKT
Nike e RTFKT no metaverso, criando NFTs de tênis. Imagem: Reprodução/Instagram RTFKT

Foco no multiverso e produ√ß√£o de t√™nis no universo digital. Em dezembro de 2021, a empresa adquiriu a startup RTFKT. Em an√ļncio oficial √† empresa, revelou que buscam ser uma empresa l√≠der que aproveita a tecnologia de ponta para fornecer colecion√°veis de pr√≥xima gera√ß√£o que mesclam cultura e jogos.

¬†‚ÄúEsta aquisi√ß√£o √© mais um passo que acelera a transforma√ß√£o digital da Nike e nos permite atender atletas e criadores na interse√ß√£o de esporte, criatividade, jogos e cultura‚ÄĚ, diz John Donahoe, presidente e CEO da NIKE, Inc. equipe de criadores muito talentosa com uma marca aut√™ntica e conectada. Nosso plano √© investir na marca RTFKT, servir e desenvolver sua comunidade inovadora e criativa e ampliar a presen√ßa digital e as capacidades da Nike‚ÄĚ.‚ÄúEsta √© uma oportunidade √ļnica de construir a marca RTFKT e estamos empolgados em nos beneficiar da for√ßa e experi√™ncia fundamentais da Nike para construir as comunidades que amamos‚ÄĚ, diz Benoit Pagotto, um dos cofundadores da RTFKT.

¬†‚ÄúA Nike √© a √ļnica marca no mundo que compartilha a profunda paix√£o que todos temos pela inova√ß√£o, criatividade e comunidade, e estamos empolgados em expandir nossa marca, que foi totalmente formada no metaverso.‚ÄĚ

Balenciaga

Balenciaga entra no jogo Fortnite. Imagem: Reprodução/Fortnite
Balenciaga entra no jogo Fortnite. Imagem: Reprodução/Fortnite

Marca já está no jogo Fortnite. Criou uma série exclusiva para o jogo e foi primeira marca de moda a fazer parceria com a Fortnite. Vendeu quatro itens exclusivos de sua coleção para servir de skin e acessórios para avatares para serem utilizados em seu universo. 

O diretor criativo da marca de moda de luxo, Demna Gvasalia, busca sempre ter algo novo a oferecer e, desta vez, mescla as linhas entre o f√≠sico e o digital. O modelo f√≠sico de Balenciaga foi transformado em um avatar digital chamado ‘Doggo’, que usa roupas Balenciaga na arena Fortnite.

Para se equipar na produ√ß√£o do universo digital, a Balenciaga est√° lan√ßando um departamento virtual pr√≥prio. A nova unidade de neg√≥cios √© ‚Äúdedicada inteiramente ao desenvolvimento de produtos, projetos e experi√™ncias‚ÄĚ pensados para o metaverso. ‚ÄúNeste momento, o cl√≠max da intera√ß√£o com uma marca de luxo √© que voc√™ clica em curtir, comenta ou compra algo‚ÄĚ, disse o CEO da Balenciaga, C√©dric Charbit, em uma confer√™ncia do Business of Fashion (BoF). ‚ÄúPodemos chegar ao pr√≥ximo n√≠vel por meio do metaverso, j√° que as empresas, incluindo as do campo da moda, est√£o dando ‚Äúpassos gigantescos todos os dias‚ÄĚ quando se trata de experi√™ncias e ofertas virtuais.

Louis Vuitton

Louis Vuitton lança Louis The Game e suas NFTs. Imagem: Reprodução/jogo.
Louis Vuitton lança Louis The Game e suas NFTs. Imagem: Reprodução/jogo.

Criou Louis the Game. Jogo da pr√≥pria marca com ativos digitais para personalizar o personagem. LV est√° comemorando 200 anos e est√° prestando homenagem ao seu fundador por meio de v√°rias novas iniciativas, incluindo esse jogo de aventura. Nele, existem trinta NFTs desenhados pelo artista Beeple. Louis the Game pode ser baixado em dispositivos Apple, Android e Google, a cole√ß√£o exclusiva LV Trunk j√° est√° dispon√≠vel e a marca promete novas cole√ß√Ķes de NFTs e novidades no jogo em breve.

De acordo com a Vogue Business (em tradu√ß√£o livre): a Louis Vuitton trabalhou com a startup de eventos Wenew para criar os NFTs, que s√£o cunhados da carteira Louis Vuitton Ethereum. A Wenew foi cofundada pelo artista Mike Winkelmann, conhecido como Beeple, que vendeu uma obra de arte NFT atrav√©s da Christie’s por US$ 69 milh√Ķes, e colaborou anteriormente com a Louis Vuitton em sua cole√ß√£o pr√™t-√†-porter primavera 2019. Beeple criou um dos tr√™s NFTs emitidos pela Louis Vuitton; os outros dois ‚Äúmomentos‚ÄĚ NFT s√£o cart√Ķes postais hist√≥ricos da vida da Louis Vuitton (Louis the Game tem cart√Ķes postais dentro da experi√™ncia do jogo, mas n√£o s√£o NFTs).

Consumo de NFTs

Para as marcas, investir na tecnologia NFT é criar presença na realidade virtual. O uso de filtros em fotos e vídeos, os aplicativos e óculos de realidade aumentada (entre outros recursos) abrem espaço para criar experiências que envolvam o consumidor em ambientes 100% digitais.

Influenciadores virtuais no Brasil: país é tendência na criação de personagens virtuais das marcas

Lu da Magalu, Lilica Ripilica, Nat da Natura e Mara da Amaro s√£o alguns dos influenciadores digitais criados especialmente para a internet que somam milh√Ķes de seguidores. Eles s√£o criados pelas marcas e funcionam como os embaixadores da sua mensagem,¬† realizam a comunica√ß√£o e o atendimento, tudo isso com caracter√≠sticas pr√≥prias de personalidade.

O uso dos influenciadores virtuais pode coexistir com influenciadores humanos. Mas, em relação às pessoas, possuem uma vantagem. Por serem geridos por cada uma das marcas, eles não carecem de contratos para cada nova campanha ou ação. Se por um lado é importante que hajam pessoas influenciadoras, por outro os influenciadores digitais mostram que a  marca pode ser um personagem virtual completamente alinhado à marca, menos passível às mudanças externas dos influenciadores na web.

Marcos hist√≥ricos dos influenciadores virtuais: cria√ß√£o da Magalu e Lei n¬ļ 12.485

Influenciadores virtuais: Lu da Magalu. Imagem: Divulgação/Magazine Luiza
Influenciadores virtuais: Lu da Magalu. Imagem: Divulgação/Magazine Luiza

A hist√≥ria dos influenciadores virtuais no Brasil come√ßa h√° quase vinte anos. Em 2003, Magazine Luiza criou a Magalu. A influenciadora foi precussora a cria√ß√£o de outros personagens digitais em anima√ß√Ķes de est√ļdios independentes, como Lilica Ripilica no Youtube e a Any Malu.

Influenciadores virtuais: Lilica Ripilica do Mundo Ripilica. Imagem: Divulgação/Lilica Ripilica
Influenciadores virtuais: Lilica Ripilica do Mundo Ripilica. Imagem: Divulgação/Lilica Ripilica

J√° a Lei n¬ļ 12.485 de 2011 disp√Ķe sobre a comunica√ß√£o audiovisual de acesso condicionado e deu prioridade especial √† anima√ß√£o infantil produzida por est√ļdios brasileiros. ‚ÄúA Lei 12.485 viabilizou o incremento da produ√ß√£o independente brasileira, viabilizou a chegada dessa produ√ß√£o na TV paga, na TV aberta, ampliou a capacidade de investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual, da Ag√™ncia Nacional do Cinema, no desenvolvimento do setor, melhorou um conjunto de pr√°ticas das programadoras, das TVs abertas, dos nossos produtores, e √© o que permite o bom momento que o setor audiovisual brasileiro est√° vivendo‚ÄĚ, disse o presidente da Ancine, Manoel Rangel, em reportagem para a Ag√™ncia Brasil.

Influenciadores virtuais: Any Malu. Imagem: Divulgação/Any Malu
Influenciadores virtuais: Any Malu. Imagem: Divulgação/Any Malu

 

A import√Ęncia dos est√ļdios de anima√ß√£o independentes

De acordo com a EBC, em 2017 os produtores audiovisuais eram 68% da Região Sudeste, 610 (10%) das produtoras no Nordeste, de 358 (6%) no Centro-Oeste e de 151 (3%) no Norte do país.

Manoel Rangel, diretor da Associa√ß√£o Nacional de Cinema (ANCINE) afirma “O principal dessa lei √© que ela faz com que os brasileiros tenham contato com a produ√ß√£o audiovisual brasileira e com a produ√ß√£o audiovisual brasileira independente. Ela intensifica a gera√ß√£o de emprego pelo pa√≠s afora, intensifica a capacidade do Brasil se ver na tela. Hoje, o que n√≥s apresentamos aqui √© um conjunto de base de dados e de sistemas que acompanha esse desenvolvimento da Lei 12.485. S√£o ferramentas para garantir o cumprimento da lei e, por outro lado, ferramentas que nos permitem conhecer mais e melhor o mercado audiovisual, aprimorando as pol√≠ticas p√ļblicas desenvolvidas para o setor”.

Cen√°rio dos anos 2020s

Em 2021, a Lu da Magalu √© uma das influenciadoras virtuais mais populares da hist√≥ria com mais de 25 milh√Ķes de f√£s nas redes sociais. E a quantidade de influenciadores virtuais continua a se multiplicar. Atualmente, o Brasil possui diversos influenciadores ativos:

Baianinho das Casas Bahia, o atual “CB”

Influenciadores virtuais: Baianinho das Casas Bahia. Rebranding 3D. Imagem: Divulgação/Casas Bahia.
Influenciadores virtuais: Baianinho das Casas Bahia. Rebranding 3D. Imagem: Divulgação/Casas Bahia.

O antigo Baianinho de chap√©u de couro foi repaginado em 2021 e ganhou vers√£o 3D. Em sua apresenta√ß√£o no Twitter, escreveu: “Faaala, galera! Agora voc√™s podem me chamar de CB! A Casas Bahia se transformou tanto, que at√© eu mudei durante essa viagem sensa. Mas fiquem tranquilos! Vou continuar sendo aquele carinha que sempre tem as melhores diconas pra tudo“. O personagem foi assinado pelo Est√ļdio Miagui. De acordo com Ilca Sierra, diretora de Marketing e Comunica√ß√£o Multicanal da Via Varejo: ‚ÄúNossa casa √© o Brasil, nossa causa √© o brasileiro. Estamos entrando em um segundo e important√≠ssimo cap√≠tulo nessa evolu√ß√£o do reposicionamento da marca. Ele vem agora como um influenciador digital, para dar mais luz aos nossos valores no novo posicionamento, sendo guardi√£o de temas como sustentabilidade e diversidade‚ÄĚ.

El√ī da Cielo

Influenciadores Virtuais: El√ī, da marca Elo. Imagem: Divulga√ß√£o/ELO
Influenciadores Virtuais: El√ī, da marca Elo. Imagem: Divulga√ß√£o/ELO

“Tem o objetivo de melhorar a experi√™ncias dos clientes no atendimento em nossos canais digitais. Essa novidade veio para trazer uma intera√ß√£o mais pr√°tica, √°gil e amig√°vel”. Miss√£o: √© estar √† frente de¬†todos os canais digitais¬†da Cielo e auxiliando em duvidas, sugest√Ķes em nossos principais produtos e servi√ßos.
Esbanjando simpatia, a El√ī ouvir√° clientes e far√° de tudo para¬†simplificar a comunica√ß√£o.” (Divulga√ß√£o/Equipe CIELO).

Mara, da Amaro

Influenciadores virtuais: Mara, da Amaro. Imagem: Divulgação/AMARO
Influenciadores virtuais: Mara, da Amaro. Imagem: Divulgação/AMARO

‚ÄúA¬† modelo virtual foi projetada para atender √†s demandas da equipe de marketing e produtos para a cria√ß√£o das campanhas e lookbook em tempos de isolamento social. Mas a segunda etapa √© inevitavelmente a de uma personagem virtual que vai se comunicar com o p√ļblico em todas as nossas plataformas‚ÄĚ, explica Luciana Cardoso, diretora de cria√ß√£o da AMARO.¬† “Com o conceito “O que a internet uniu, ningu√©m separa”,¬† a campanha foi criada e produzida em apenas quatro dias, antecipando a tend√™ncia dos encontros virtuais que acabaram por se tornar a realidade para a maioria das pessoas em quarentena.” (Divulga√ß√£o/AMARO).

Nat, da Natura

Influenciadores Virtuais: Nat da Natura. Imagem: Divulgação/Natura
Influenciadores Virtuais: Nat da Natura. Imagem: Divulgação/Natura

Em sua biografia no Twitter, se declara “Sou Consultora de Beleza Natura, Influenciadora Digital, Porta-voz da Natura aqui no Twitter, apoiadora de causas socioambientais e “m√£e” do gato Murumuru”.¬† De acordo com o blog da Natura: “Para acelerar a digitaliza√ß√£o e humanizar o atendimento digital, n√≥s demos cara e novas funcionalidades ao bot (rob√ī de internet). A¬†Nat, nossa assistente virtual, pode renegociar d√≠vidas, solicitar segunda via de boletos, falar sobre os status de pedidos e pagamentos, entre outras fun√ß√Ķes. Lan√ßada em 2016 apenas dentro do Facebook, at√© ent√£o o bot mostrava op√ß√Ķes de presentes para os consumidores comprarem online.” e “Um dos objetivos principais √© reduzir em 30% os atendimentos feitos via Central de Relacionamento, que estar√£o com aten√ß√£o voltada para resolver problemas ‚Äúmais complexos‚ÄĚ. Hoje, cerca de 75% dos contatos feitos via esse canal s√£o d√ļvidas simples que a Nat est√°, a partir de agora, capacitada para solucionar em tempo real, 24 horas por dia, todos os dias da semana e, claro, com total seguran√ßa.”.