HBO

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, duas pessoas tiram selfies com câmeras portáteis grandes da época. Reprodução/FreePik.

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000

Y2K é a abreviação para anos 2000. E apesar de fazer 22 anos dessa década, ela voltou com tudo, inclusive entre gerações mais jovens. O surgimento da tendência Y2K têm aumentado nos últimos anos, especialmente desde 2018 para cá.

E é parte de um fenômeno maior, que tem ocorrido com outras décadas (o caso dos anos 1990). Fortune India listou, em 2018, que estamos vivendo the nostalgia economy: quando o marketing e o consumo se baseiam na ideia de uma era de maior inocência e tempo livre

Abaixo, listo em breve panorama da década e alguns dados sobre ela: o aumento nas buscas no Google e o volume de visualizações nas hashtags do Tik Tok com a temática Y2, que são vídeos que utilizam os anos 2000 de algum modo, seja na música ou na estética. São tópicos de destaque no consumo audiovisual e nos produtos utilizados, que faz parte de um assunto tão extenso que envolve a cultura do período.

Panorama Y2K

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, um jovem com óculos colorido, cropped com umbigo à mostra e calça cargo. Ela está apoiada em várias tv de tubo. Reprodução/FreePik.
Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, um jovem com óculos colorido, cropped com umbigo à mostra e calça cargo. Ela está apoiada em várias tv de tubo. Reprodução/FreePik.

Na década 2000, ainda não tínhamos redes sociais igual aos dias de hoje, umas das principais leituras na internet eram os blogs pessoais, um dos celulares de última geração tinha o formato “flip”, os jogos mais comuns eram o de “cobrinha” (snake, do Nokia) e a selfie estava começando a ser popularizada por meio de câmeras portáteis da Sony. 

Celebridades como Paris Hilton, Britney Spears e Lindsay Lohan incorporaram as tendências daquela época e ilustraram tablóides nas bancas, com notícias fotografadas por paparazzis (que muitas vezes eram acusados de invadir a privacidade por quem estava em alta no período). Na tv por assinatura, Sex and The City (HBO) com Carrie Bradshaw desfilava looks com o elenco da série, enquanto The Sopranos ia ao ar  no mesmo canal. E as boy bands estavam com tudo nos rádios, lançando videoclipes com coreografias que eram sucesso na MTV.

Dados sobre Y2K

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, uma jovem usando top tank e calça reta, penteado com bumps e apoiada na tv de tubo. Reprodução/FreePik.
Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, uma jovem usando top tank e calça reta, penteado com bumps e apoiada na tv de tubo. Reprodução/FreePik.

Apenas no Tik Tok, já são mais de 6.3 bilhões de visualizações nos vídeos com a hashtag #y2k.

No Google, são 34 milhões de resultados por Y2K (dados de maio de 2022). O Brasil, nos últimos cinco anos, mostrou “breakout”, que é quando as buscas pelo termo aumentaram mais de 5.000%.

  • Aumento repentino (+ de 5.000% em) nas buscas por:  y2k aesthetic, cyber y2k, calça y2k, streetwear y2k;
  • estilo y2k (aumento de 3.800%) e y2k style, inglês, (+ 3.250%)
  • y2k significado (+2.900%)
  • y2k fashion (+1.900%)
  • o que foi o bug do milênio (+40%).
  • Outros termos ligados aos anos 2000: os estilos emo, gótico, indie rock, cottagecore, grunge e rap, tiveram + 5.000% de aumento.
  • Ainda encontramos interesse no ano de 1999 (+ 5.000%).

Dados de maio de 2022.

Destaques Y2K

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, um jovem com óculos colorido, regata branca e calça cargo está apoiado na tv de tubo. Reprodução/FreePik.
Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000. Na foto, um jovem com óculos colorido, regata branca e calça cargo está apoiado na tv de tubo. Reprodução/FreePik.

Em 2021, Y2K foi apontado como a maior tendência de street style (moda das ruas) na Vogue americana por estar presente no circuito de moda das cidades de Paris, Xangai, Milão, Londres, Copenhague e Nova York. 

As famosas Dua Lipa, Hayley Bieber, Bella Hadid e Gigi Hadid ajudaram a popularizar peças e acessórios Y2K, inclusive entre gerações mais jovens que não viveram esses anos (é o caso da geração Z e da geração alpha). Peças dos anos 2000 incluem o uso da calça de cintura baixa, uso dos top tanks, calça cargo, tops feitos de bandanas, uso do marrom e tons terrosos. A maquiagem e os cabelos também ganham a estética do período. É o caso de acessórios como a bandana amarrada nos cabelos, óculos de sol coloridos, presilhas e broches. As miçangas coloridas aparecem nos colares e pulseiras. 

Na música, os desafios no Tik Tok e nas demais redes de vídeo, como o Instagram, passaram a utilizar hits da época para ser trilha sonora dos desafios ou trends. Britney Spears, Nsync, Backstreet Boys e diversos cantores e bandas reaparecem entre eles. A música “Toxic” foi usada para falar de traços tóxicos de personalidade, “Dilemma” da Nelly, virou dublagem com o seu “ow” e até o tema do Backyardigans se tornou coreografia.

As séries de tv Y2K também têm se tornado clássicos revisitados, especialmente com a chegada dos streamings on-demand, que permitem ver tudo o que foi exibido na época na facilidade de um clique. 

O comercial do SuperBowl em 2022 usou referência dos Sopranos utilizando a história das gangues da série. The Sopranos está disponível no HBO, disponível para todos os assinantes hoje. E o seu comeback incluiu o lançamento de um filme em 2021, The Many Saints of Newark, contando a história de Tony Soprano.

https://www.youtube.com/watch?v=2bZYqFsU72Y

Cenário de 2022 potencializa a divulgação das tendências

De forma geral, tanto na moda, música e estética, o Y2K tem sido cada vez mais presente desde o começo dos anos 2020. Com o efeito “throwback” e a chamada “economia das nostalgia” algumas canções podem voltar às paradas de sucesso.

Além de trazer lembranças para quem viveu os anos 00s, essas tendências também conquistaram os mais novos, como a geração Z, que criam vídeos ao som das músicas e vestem o que lembra a adolescência de muitos. As músicas que apareciam nos videoclipes da TV, especialmente na MTV (Music Television) retornam por meio do Youtube outras plataformas de vídeos.

O Tik Tok, espaço usado por diversas gerações, inclusive a gen Z (nascidos depois de 1995)e o Instagram são potencializadores para tornar essas tendências virais, tanto na divulgação de peças quanto no consumo musical ou de audiovisual, como as séries.

E sem a dificuldade da internet discada dos anos 00s e começo do wi-fi como conhecimos, e com a facilidade dos streamings dos anos 20, essas e outras peças deixam a nostalgia no alcance de um clique.

Tendência Y2K: a nostalgia dos anos 2000 Read More »

Game of Thrones da HBO. Imagem: Divulgação/HBO

Game of Thrones: o legado da série e a comunidade de fãs

Galeria de artes inspiradas na série, site com conteúdo extra, recorde de doação de sangue, biscoito, anúncios, mesmo após o fim da série, o legado de experiências aumenta com o lançamento de novas cervejas comemorativas de aniversário e da primeira convenção oficial de fãs

A série Game of Thrones na HBO foi ao ar entre 2011 e 2019, baseada no livro homônimo de George R. R. Martin. Foi assistida em mais de 207 países e territórios e,  ao longo de suas oito temporadas, o programa se tornou uma das maiores e mais icônicas séries da história da televisão.  O sucesso nas telas gerou mais de 33 milhões de espectadores por semana. 

Junto aos fãs e à comunidade que se criou, muitas ações de marketing potencializaram o sucesso de GOT. Para acompanhar um público fiel e engajado, a HBO criou diversas ações para a comunidade.

O “Aniversário de Ferro”, em abril de 2021, marcou dez anos desde o primeiro episódio chegou às telas de televisão.

Chris Spadaccini, vice-presidente executivo e presidente de marketing da HBO, mencionou em entrevista ao Digital Marketing Institute que “a base das iniciativas da rede foi baseada na entrega de promessas (semelhante aos Lannisters sempre pagando suas dívidas). E esse compromisso com a autenticidade transparece na narrativa da marca”.

Em entrevista para a Variety, declarou: “Sentimos uma enorme responsabilidade em comemorar aquele que é indiscutivelmente um dos maiores programas de TV já feitos, que consolidou seu lugar na cultura popular”.

“É realmente um dos últimos eventos monoculturais remanescentes, onde tenho a sensação de que o mundo estará assistindo em tempo real porque eles não querem ficar de fora”, observou ele. “Nesse aspecto, é mais parecido com uma Copa do Mundo do que apenas um programa de TV.”

#BleedforTheThrone: Ação de doação de Sangue

Game of Thrones: Bleed for the Throne. Ação de doação de sangue.

Game of Thrones: Bleed for the Throne. Ação de doação de sangue.
Game of Thrones: Bleed for the Throne. Ação de doação de sangue.

Campanha experimental criada pelos organizadores do festival South By Southwest (SXSW) de Austin, Texas, os fãs do GoT foram convidados a entrar em um cenário envolvente que lhes permitiu reviver momentos lendários quando os personagens do show literalmente sangraram pelo trono. A obra imersiva incluiu 80 performers, 100 páginas de personagens com script e 62 páginas de pontuação personalizada, sendo um sacrifício, o evento aproveitou a hashtag #ForTheThrone para encorajar os fãs a se comprometerem a doar sangue ao Red Cross Americano. 350.000 fãs foram doar sangue, encadeando uma segunda leva de doadores de sangue após a viralização da ação nas redes sociais.

Site: Beatiful Death

HBO mostrou a recriação de Robert Ball das mortes mais icônicas em Game of Thrones. Divididas por episódios e organizadas por temporadas.

Tumblr: galeria de artistas que criaram artes inspiradas em Game of Thrones

Tumblr: galeria de artistas que criaram artes inspiradas em Game of Thrones
Tumblr: galeria de artistas que criaram artes inspiradas em Game of Thrones

Curadoria da HBO com fanarts (artes de fãs) compondo a Game of Thrones Exhibit.

Game of Thrones no Twitter

Durante o programa, campanhas e conversas em tempo real com a audiência: o Twitter foi utilizado como mídia de divulgação e espaço de comentários em tempo real, com campanhas como #RoastJoffrey, #CatchDragon e #TakeTheThrone.

A série se tornou um dos assuntos mais comentados em todo o mundo na internet. Em 2019, de acordo com o próprio Twitter, foram mais de 5 milhões de tweets entre as 19h do dia 14 de abril de 2019 e as 3h de do dia 15 de abril, o Brasil ficou atrás apenas dos Estados Unidos.

O auge dos comentários foi quando Samwell Tarly revelou detalhes sobre os pais de Jon Snow. 18 dos 19 assuntos em tendência mundial foram sobre Game of Thrones.

A família Stark foi a casa mais citada pelos usuários, com 52,9% das menções. Em seguida apareceram as casas Targaryen (24,6%) e Lannister (12%). 25% dos tweets coletados citaram personagens. Dentre eles, Daenerys Targaryen liderou com 31,6%,  Jon Snow – 21,7%, Bran Stark – 19,4%, Arya Stark – 14,9%, Jaime Lannister – 12,4%.

Aplicativo HBO Inclusion: lançado durante a série para garantir acessibilidade na última temporada

“Na HBO temos a missão de contar histórias que oferecem entretenimento de qualidade e que também levantem debates sobre temas importantes da atualidade. Nosso conteúdo representa uma diversidade enorme de pessoas e situações e, por isto mesmo, queremos torná-lo acessível para cada vez mais gente”, diz Flavia Vígio, vice-presidente de comunicação corporativa da HBO Latin America. “E para isto não haveria momento mais propício para o lançamento que o da tão aguardada temporada final de GAME OF THRONES.”

“A tecnologia utilizada no HBO Inclusion foi desenvolvida pela Universidade Carlos III de Madri, na Espanha, e pela WhatsCine, e tem o objetivo de ampliar o acesso de pessoas com deficiência ao universo audiovisual, para que elas possam desfrutar com autonomia e sem necessidade de interferência na experiência de outros espectadores”, conta o site “Séries em Cena”.

Oreo Especial Game of Thrones

Cookies de chocolate Oreo com relevos de Game of Thrones que representam a Casa Lannister, a Casa Targaryen, a Casa Stark e o Rei da Noite sob o nome #ForTheThrone.

Bud Knight: Epic

Game of Thrones X Bud Light Super Bowl LIII. Comercial do SuperBowl de 2019 da cerveja Bud Light em parceria com HBO virou o “Bud Knight”, um cavaleiro em comemoração ao último ano da série.

As ações não terminaram mesmo após o fim da série. 

2021: cerveja comemorativa de 10 anos da série

O lançamento ocorreu em 17 de abril de 2021 no aniversário de 10 anos. Warner Bros Consumer Products criou a linha de cerveja série com a empresa dinamarquesa de cerveja artesanal Mikkeller. 

“Desde o início, as colaborações têm sido um dos elementos-chave no universo ds Mikkeller e são uma das coisas que mais nos divertimos e amamos. Fizemos muitos deles, mas este é sem dúvida o maior até agora, e estamos extremamente orgulhosos e felizes por esta oportunidade”. Disse Mikkel Bjergsø, fundador e diretor criativo da Mikkeller, em comunicado.

O primeiro, Iron Anniversary IPA, foi lançado em abril. Em outubro de 2021, Mikkeller e Warner Bros. anunciaram as próximas três cervejas. Night King Double IPA, Ghost Visions Lager e Castle Black Stout são “baseados em lugares e personagens centrais do universo da série, destinados a celebrar e homenagear o norte coberto de neve… com base no aviso ‘O inverno está aqui’.

Como as cervejas são lançadas até o inverno, e o inverno desempenha um papel significativo em Game of Thrones, faz sentido encontrar inspiração para as cervejas no mundo congelado e escuro de Westeros”, afirmou Mikkel Bjergsø.

A proposta é de que, mesmo que não hajam novos episódios, tenham-se novos motivos para comemorar e lançamentos que não terminam após o fim das temporadas, prolongando a experiência.

2022: convenção oficial de fãs de Game of Thrones

A convenção oficial de fãs promete “oferecer aos fãs uma oportunidade única de explorar Westeros e além em um nível totalmente novo. E com a aguardada série House of the Dragon da HBO Original, a prequela de Game of Thrones, que chega em 2022, há muito o que comemorar e esperar ansiosamente.

De painéis de talentos, oportunidades de fotos, concursos de cosplay e curiosidades a compras de mercadorias exclusivas em um show interativo, os fãs também terão uma variedade de opções à la carte para escolher. As opções à la carte incluem encontros com talentos, sessões de autógrafos de talentos, painéis exclusivos, uma festa dançante organizada pelo convidado especial, DJ Kristian Nairn (“Hodor”) e muito mais.”

*Com informações Variety, Food and Wine e releases de comunicações da HBO divulgados na imprensa.

Game of Thrones: o legado da série e a comunidade de fãs Read More »

Rolar para cima