Anos 2020 com cara de 1990: a nostalgia 90s

Se você acompanhou os anos 90, talvez lembre de algumas tendências da época, como usar o nome das marcas estampadas no moletom, a cultura do hip hop, ou os clipes pop que estrearam na MTV. Nos anos 2020, a cultura 90 voltou e a nostalgia está presente na moda, na música e também na decoração

Com o efeito “throwback”, algumas canções voltaram às paradas de sucesso. Além de trazer nostalgia para quem viveu os anos 90, essas tendências também conquistaram os mais novos, como a geração Z, que criam vídeos ao som das músicas e vestem o que lembra a adolescência de muitos.

Sem a dificuldade da internet discada dos anos 90 e com a facilidade dos streamings dos anos 20, essas e outras peças deixam a nostalgia no alcance de um clique.

Três tendências que conquistaram os anos 2020

Moda: a volta da Logomania

Anos 2020 com cara de 1990: Rihanna usa Dior na tendência de logomania, o nome da marca estampada nas peças. Imagem: Dior/Divulgação.

O uso de logomarcas nas peças de roupas, adesivos e até na decoração tomou conta da indústria da moda novamente. Um dos maiores ícones fashion da atualidade, a cantora Rihanna, está usando. Os desfiles de moda de outono e inverno de 2022 estão repletos de logomania de marcas de luxo como Fendi, Dior, Versace, Gucci e Louis Vuitton.

Anos 2020 com cara de 1990: a tendência da nostalgia dos anos 1990. Supreme usa nome da marca estampada nas peças. Imagem: Supreme/Divulgação.

Apesar de ter tomado as passarelas e praticamente todos os lugares de forma rápida nos anos 90, a moda também saiu rapidamente da evidência naquela década. É por isso que especialistas da Vogue questionam se essa tendência também irá durar em 2020.

Anos 2020 com cara de 1990: a tendência da nostalgia dos anos 1990. Dior usa nome da marca estampada nas peças. Imagem: Dior/Divulgação.

Músicas dos anos 90: a tendência dos throwback songs

Anos 2020 com cara de 1990: a volta de Vogue, da Madonna, por meio de vídeos e desafios. Imagem: Madonna/Divulgação.

As músicas que apareciam nos videoclipes da TV, especialmente na MTV (Music Television) voltaram. O Tik Tok, espaço usado por diversas gerações, inclusive a gen Z (nascidos depois de 1995), conta com mais de 485 milhões de visualizações dos vídeos com os sons dos anos 1990. Alguns deles:

  • Vogue – Madonna (1990). O som atingiu o topo das paradas em todo o mundo e deixou o movimento Vogue em evidência. Retornou em 2022 com desafios de dança e vídeos bem variados.
  • Robbie Tronco – Walk4Me (1995). O som tem sido usado para exibir looks e piadas sobre esconder traços de personalidade.
  • Bills, Bills, Bills” – Destiny’s Child (1999). Os tiktokers têm usado a música para dançar, mostrando quem eles gostam (crushes) ou seus namorados e namoradas.

Tons pastéis

Anos 2020 com cara de 1990: a volta dos tons pasteis na decoração com rosa claro, verde menta e lilás. Imagem: Pinterest/Divulgação.

Os tons pastéis estão em alta: rosa claro, verde menta ou jade, coral e tons terrosos, todos de uso comum nos anos 1990. O Relatório de tendências da empresa ShutterStock mapeou por meio da Inteligência Artificial que em 2022 temos uma abordagem mais discreta, minimalista e suave em comparação com os anos anteriores, explorando as cores dessa década. Sem destaques chamativos, com simplicidade e elegância sutil (veja o mais sobre o relatório Color Trends ShutterStock 2022). Algumas vezes, os tons pastéis estão mesclados com formas geométricas, minimalistas ou com decoração kitsch, também comum nos anos 1990.