Spotify: novos vídeo clipes em testes no Brasil

Spotify video clipes: testes no Brasil em março de 2024. Imagem: Spotify/Divulgação

Spotify: novos video clipes em testes no Brasil e seus formatos. A plataforma de streaming de músicas elege alguns mercados mundiais para testar a nova opção de assistir mais clipes, alternar entre áudio e vídeo, animar capas de álbuns e visualizar os “canvas” (ou pequenos vídeos musicais). Escrevi como isso funciona e sobre a chegada mais cedo no Brasil, que recebe o teste antes dos Estados Unidos.

Novos vídeo clipes em testes no Brasil e seus formatos: como ocorre?

O Spotify está introduzindo mais vídeos musicais em seu aplicativo móvel e no desktop. A novidade aparece a partir de março de 2024 (em especial, a partir da segunda quinzena do mês, quando a plataforma fez o anúncio oficial).

Com isso, busca trazer maior volume de conteúdos em vídeo e, e integrar mais a experiência entre vídeo e áudio em um só lugar.

O que muda: nova opção de trocar por áudio e vídeo + catálogo.

  • SWITCH: Os vídeos agora estão integrados à biblioteca de música do streaming, permitindo que se alterne entre áudio ou vídeos.
  • CATÁLOGO: O Spotify está adicionando mais Clips (vídeos curtos de artistas conversando com fãs) e Canvas (capas de álbuns em loop).

O teste é restrito a alguns países

Em fase beta, o lançamento dos novos vídeos musicais do Spotify não é mundial: 11 mercados estão nessa etapa. Brasil, Colômbia, Alemanha, Indonésia, Itália, Quênia, Holanda, Polônia, Filipinas, Suécia e Reino Unido participam. Os EUA não fazem parte deste lançamento por enquanto.

O modo beta significa que ainda está em teste e validação. Nesse momento, as plataformas digitais costumam utilizar mais de um formato e verificar qual funciona melhor, antes de garantir uma versão fixa ou até a retirada de algumas funções (assim, pode ser que não tenha a “cara definitiva” por enquanto) (vamos acompanhar).

Spotify video clipes: testes no Brasil em março de 2024. Imagem: Spotify/Divulgação
Spotify video clipes: testes no Brasil em março de 2024. Imagem: Spotify/Divulgação

MV ou music videos: parte da cultura pop e consumo

Nos últimos anos, os vídeos musicais nos streamings se tornaram uma das muitas maneiras pelas quais as pessoas descobrem e tornam-se fãs de artistas. Eles já faziam parte da cultura pop, especialmente se olharmos para o passado, com clipes na televisão e especialmente na MTV. Ver vídeos com os artistas já gera conversas e influencia a descoberta de novos estilos musicais. São uma forma para os fãs descobrirem e se conectarem com a música.

Explorar vídeos amplia as opções dentro do Spotify. De acordo com Charlie Hellman, Vice President and Head of Music Product at Spotify, eles estão “animados para adicionar mais uma maneira de aprimorar a conexão artista-fã”.

Mercado de streaming de música e a importância do Brasil

O mercado de música brasileiro é robusto, com o streaming representando 99% das receitas. No primeiro semestre de 2023, o mercado de música do Brasil reportou receitas de R$ 1,2 bilhão, considerando apenas os formatos digitais e físicos. O crescimento foi de 12,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As receitas do streaming, que totalizaram R$ 1.181 bilhão, foram o principal impulsionador da expansão do mercado, respondendo por 99,2% do total. O formato físico contribuiu com R$ 8 milhões, representando apenas 0,6% das vendas da indústria no período pesquisado. O vinil foi o formato mais vendido no primeiro semestre de 2023, com receitas de R$ 5 milhões, seguido pelos CDs, com R$ 3 milhões.

Desse modo, o Brasil é um mercado importante para o Spotify, contribuindo com uma parte significativa da base de usuários global. Estimativas sugerem que o Brasil representa cerca de 4,65% do tráfego global. Além disso, o Spotify lidera o mercado de streaming de música no Brasil, com mais de 60% dos usuários de smartphones optando por ele em 2020.

O Spotify entra na tendência de outros serviços de streaming. Os vídeos musicais já estão disponíveis no YouTube Music (aplicativo do Youtube focado em música) e no Apple Music (os vídeos musicais podem ser visualizados na página dos artistas). No entanto, em ambos os casos, não existe a opção de alternar entre áudio e vídeo por meio de um botão (“switch to audio”, “switch to video” – mudar para áudio ou vídeo, que o Spotify lança agora).

*Conteúdo feito com informações oficiais do Spotify Quarter Results, Pro-Música Brasil (PMB) (conhecida antes como Associação Brasileira dos Produtores de Discos – ABPD), Spotify NewsRoom (informações para a mídia). Insights criados para o Dataísmo.

Para continuar a conversa

Profissional de Digital Business e Business Intelligence, com foco em Consumer Insights, Trends e Cultural Research. Pesquisa e trabalha criando estratégias baseadas em dados. Criadora do Dataísmo e da comunidade de consumer insights Priszma by Dataísmo. Formada em Marketing e pós-graduanda em Digital Business na USP.

Share