Shopee aposta na gamificação para expansão global

Mulher utilizando o smartphone em um café. Imagem: Reprodução/FreePik
A gamificação do Shopee. Imagens: Shopee/Divulgação e FreePik/Reprodução. Exemplos de jogos: Shopee Bubble, Shopee Tabuleiro, Shopee Moedas, Shopee Farm.
A gamificação do Shopee. Imagens: Shopee/Divulgação e FreePik/Reprodução. Exemplos de jogos: Shopee Bubble, Shopee Tabuleiro, Shopee Moedas, Shopee Farm.

E-commerce Shopee mira na expansão global com gamificação, processo de criar jogos para engajar e garantir descontos aos consumidores

Depois de conquistar países asiáticos e o Brasil, a Shopee agora tenta expandir o seu crescimento para outros mercados. Para realizar o crescimento, expande a sua gamificação para um nível mais maduro. Por meio dos jogos, os consumidores podem obter moedas Shopee, interagir com a comunidades nas Shopee Farms e também ganhar descontos que vão de frete grátis a valores no carrinho de compras. Agora, a sua expansão foca em países como Argentina,  Polônia e Índia. Em todos os mercados, o pensamento é para engajar e manter os clientes nos smartphones e cada vez mais conectados, que jogam e possuem perfil mais digital.

A gamificação da Shopee

Atualmente, diversos jogos estão disponíveis no aplicativo da Shopee, como o Shopee Bubble, Shopee Sacode, Shoppe Tabuleiro, Shopee Farm, entre outros.

Shopee Candy. Imagem: Divulgação/Shopee.
Shopee Candy. Imagem: Divulgação/Shopee.

Junto com seus cupons, o Shopee também permite que os vendedores “impulsionem” os produtos para o topo de suas classificações de pesquisa, realiza vendas instantâneas e oferece sorteios e promoções aos clientes e prêmios para novos usuários (como “bubble tea”).

Shopee Bolhas. Imagem: Divulgação/Shopee.
Shopee Bolhas. Imagem: Divulgação/Shopee.

Em Shopee Farm, os jogadores regam uma planta e recebem uma recompensa quando ela está totalmente crescida. Os amigos podem regar as plantas uns dos outros, o que incentiva os jogadores a convidar amigos para o jogo e para a plataforma do Shopee.

Shopee Farm. Imagem: Divulgação/Shopee.
Shopee Farm. Imagem: Divulgação/Shopee.

A Shopee está trabalhando para oferecer experiências de compra mais personalizadas por meio de um mecanismo de recomendação baseado em Inteligência Artificial e integrar o aplicativo de livestreaming Booyahm lançado recentemente pela Garena (do jogo Free Fire) a fim de atender à crescente demanda por conteúdo de jogos para dispositivos móveis.

Shopee Sacode. Imagem: Divulgação/Shopee.
Shopee Sacode. Imagem: Divulgação/Shopee.

Mais sobre a Shopee

Shopee, é um e-commerce direcionado para smartphones e tablets (dispositivos móveis em geral) que oferece a venda e compra de produtos de baixo custo. O Shopee faz parte da Sea Ltda, conglomerado de Singapura. Lançado em 2009, tem origem como empresa de jogos. De acordo com App Annie, Shopee tinha o aplicativo mais baixado no Google Play e o segundo aplicativo mais baixado nas lojas de aplicativos do Google Play e iOS combinadas, para a categoria de compras globalmente no segundo trimestre de 2021. De acordo com o Modern Retail, a plataforma de compras online acumulou US $ 35,4 bilhões em vendas em 2020. A Indonésia já conquistou 90 milhões usuários no ano passado, tornando-o o mercado online mais popular do país, à frente da Tokopedia apoiada pelo SoftBank. 

A Shopee no Brasil

O serviço foi lançado no final de 2019, pouco antes da pandemia. Este ano, tornou-se o principal aplicativo de comércio eletrônico do Brasil, à frente do Mercado Livre, de acordo com a Apptopia. A Shopee começou a cobrar comissão de 5% aos vendedores em 2020 e aumentou para 12% em 2021, com uma taxa adicional de 6% para seu programa de frete grátis. Esta taxa adicional permite os clientes usem uma determinada quantidade de cupons de frete grátis com os produtos dos vendedores que adquiriram o serviço.

Com informações de App Annie, Modern Retail e Tech in Asia.