Filme da Barbie: dados e recordes

Cartaz do filme da Barbie. Imagem: Divulgação.

Filme da Barbie 2023: uma nova fase cor-de-rosa

Em 20 de julho de 2023, a Barbie ganhou vida nas telonas, dessa vez em live-action. O filme conta a história de uma jovem mulher que descobre que ela e sua família são na verdade bonecas. Com uma narrativa que envolve brincadeiras e referências diretas ao universo da boneca, tem a proposta de encantar crianças e adultos, resgatando o encanto e a magia da marca.

(Abaixo escrevo um pouco sobre a Barbie e o filme | as projeções e investimento | e os resultados das três primeiras semanas. Ao final, acrescento também a curadoria de algumas ações realizadas com marcas para divulgar o filme).

Cartaz do filme da Barbie. Ken com Ryan Gosling. Imagem: Divulgação.

Marca e filme: a construção da marca Barbie e seu impacto nas vendas

Desde o seu surgimento em 1959, a Barbie tem conquistado os corações de crianças e adultos ao redor do mundo. Com uma infinidade de roupas e acessórios, ela se tornou um ícone do universo dos brinquedos. 

Ao longo dos anos, a marca Barbie construiu sua imagem e consolidou-se como referência em bonecas, alcançando vendas impressionantes. 

Nos últimos anos, a marca/boneca tem se reinventado e tentando conquistar novos cenários. E parece que suas estratégias têm funcionado. A Barbie demonstrou sua força em meio à pandemia, que foi o seu melhor ano de vendas desde 2014, superando expectativas e reafirmando sua posição de destaque no mercado. Em 2020, as vendas atingiram US$1,35 bilhão. 

Previsão: o investimento do filme foi alto, assim como esteve a expectativa dos fãs

Cartaz do filme da Barbie. Imagem: Divulgação.

O lançamento do filme da Barbie envolveu grande investimento, o que refletiu a confiança da indústria cinematográfica na marca. A atriz Margot Robbie é a responsável por dar vida à famosa boneca. O filme é uma oportunidade valiosa para fortalecer a marca e impulsionar as vendas de brinquedos, fazendo com que crianças e colecionadores se sintam ainda mais conectados com a boneca icônica.

O filme tinha previsão de arrecadar entre US$ 70 milhões e US$ 80 milhões em seu fim de semana de estreia de acordo com o Hollywood Reporter. Warner Bros diminuiu um pouco esse valor, e espera US$ 60 milhões. O investimento total no filme, por sua vez, já movimentou mais de US$ 100 milhões.

Resultados do filme da Barbie: 1 bilhão e recordes nos primeiros dias

“Acho que disse a eles que renderia um bilhão de dólares, o que talvez eu tenha exagerado, mas tínhamos um filme para fazer, ok?!”. Isso foi parte do argumento de Margot Robbie para fazer o filme da Barbie e, ao que parece, ela não estava exagerando.” conta o artigo do Yahoo!.

O filme alcançou o faturamento de 1 bilhão de dólares no mundo. A diretora Greta Gerwig é a 29a pessoa que alcança o número, e é a primeira diretora mulher a alcançar a marca.

De acordo com o G1, ‘Barbie’ teve o segundo maior público no cinema deste 2014 e atraiu quase 1,2 milhão de pessoas aos cinemas na quinta-feira (20). Até então, as estreias de filmes no Brasil eram feitas nas sextas-feira (aqui).

*(Dados atualizados em agosto de 2023).

O consumo da Barbie no Brasil e no mundo

No Brasil, a Barbie é uma das bonecas mais populares e queridas. 

Os dados mostram que o consumo de brinquedos no país é significativo, e a Barbie desempenha um papel importante nesse cenário. Seu sucesso transcende gerações, conquistando tanto as crianças quanto os adultos que cresceram com a boneca.

No mundo, a Barbie alcançou números impressionantes, com vendas acumuladas que ultrapassam um bilhão de unidades, consolidando-se como uma das maiores marcas da indústria de brinquedos.

Barbie além dos brinquedos

O universo da Barbie se estende para outras áreas, como a moda, decoração, entre outros, seja criando colaborações com marcas ou recriando as experiências do universo da Barbie. Alguns exemplos foram a C&A, AirBnB e Mattel (com a Barbie Dream House).

C&A + Barbie

A marca C&A lançou uma coleção em parceria com a Barbie, trazendo peças que resgatam o estilo e a essência da boneca. Além disso, camisetas inspiradas na Barbie tornaram-se itens cobiçados pelos fãs, demonstrando a força da marca e sua capacidade de se reinventar constantemente.

 

Barbie. Camiseta CEA. Foto: Divulgação.

Barbie. Meias rosa CEA. Foto: Divulgação.

AirBnb + Casa da Barbie

Casa Barbie Malibu no Airbnb. Imagem: Divulgação.

Mas a Barbie não se limita apenas a parcerias com a indústria da moda. A marca tem se envolvido em ações conjuntas com outras empresas, como o Airbnb, para criar experiências para os fãs. A casa da Barbie evoluiu de um brinquedo para uma imersão na vida real: a casa da Barbie em Malibu.

Por meio de uma parceria com o Airbnb, a mansão da Barbie foi transformada em um espaço disponível para pernoites, permitindo que os fãs mergulhassem completamente no universo cor-de-rosa da boneca mais famosa do mundo. Essa iniciativa exemplifica a estratégia da marca Barbie em conectar-se com seu público-alvo por meio de vivências tangíveis, trazendo à vida os sonhos e fantasias que a boneca sempre buscou trazer. 

Exposição Barbie DreamHouse

A casa da Barbie é um dos brinquedos mais desejados da boneca. Essa experiência foi recriada em tamanho real na exposição imersiva Barbie DreamHouse: The Experience. A casa, criada pela fabricante Mattel, é equipada com diversos cômodos, móveis e acessórios em tamanho real ou expandido para que as pessoas interajam com o cenário.

Barbie em 2023: o BarbieCore veio
Sobre tendências e relevância contínua

Coleção C&A e Barbie. Camisa BarbieCore. Imagem: Divulgação.

A Barbie continua sendo uma marca relevante e atual em 2023. Ela une tendências e se reinventa para atrair novos públicos. A trend chamada de “BarbieCore” trouxe de volta a popularidade do rosa na moda, fazendo referência ao icônico cor-de-rosa associado à boneca. O termo “BarbieCore” surgiu nas ruas e na internet, e a própria Barbie aproveitou essa oportunidade lançando diversos produtos com sua cor característica e a palavra “barbiecore”. Agora, essa tendência é oficialmente adotada pela marca, estampando camisetas e outras peças, trazendo de volta para casa a influência da moda que sempre esteve presente.

Somado à isso, seu filme, suas colaborações e suas ações de divulgação demonstram a capacidade da marca de se adaptar e se reciclar constantemente, mantendo-se referência em branding e consumo. Aparentemente, se você tem uma marca forte, você pode mesmo vender (quase) qualquer coisa. No caso da Barbie, de exposição à hospedagem. (Será que o filme também será uma boa aposta de roteiro?)

Profissional de Digital Business e Business Intelligence, com foco em Consumer Insights, Trends e Cultural Research. Pesquisa e trabalha criando estratégias baseadas em dados. Criadora do Dataísmo e da comunidade de consumer insights Priszma by Dataísmo. Formada em Marketing e pós-graduanda em Digital Business na USP.

Share