Estratégias para o Instagram

Estratégias para o Instagram

[metaslider id=491]

Mais de 1 bilhão de pessoas usam o Instagram todos os meses* no mundo. Nos Estados Unidos, 90% das pessoas no Instagram seguem uma empresa, 84% das pessoas dizem que descobrem novos produtos no Instagram.

Para influenciadores e empresas, participar dessa rede social faz parte da estratégia de negócio – pois os seus potenciais consumidores estão lá. As pessoas acessam o Instagram para ver histórias, serviços e produtos. Apesar de existir um mar de perfis e posts todos os dias, existem algumas estratégias que podem ajudar o seu perfil a alcançar maior alcance e engajamento.

Como se pode ver, existe técnica e aplicação, que exige tempo para construir uma comunidade de valor no Instagram. O crescimento orgânico pode ser mais demorado do que realizar anúncios para conquistar a audiência rapidamente, porém também é possível e passível de construir uma comunidade. Pouco a pouco, na frequência, consistência e coerência.

Está começando no Instagram? Separei dicas para auxiliar em seu perfil.

  1. Consistência e coerência
  2. Frequência
  3. Audiência
  4. Hashtags
  5. Identidade visual

 

1. Consistência e coerência

 

  • Consistência: encontre e mantenha sua voz. O perfil no Instagram, tal qual as demais redes sociais, é uma comunidade. As imagens, vídeos, legendas, comentários e respostas de enquetes fazem parte do ecossistema do seu conteúdo. Mantenha um tom de voz consistente nas conversas.
  • Coerência: a definição de coerência é ligação, nexo ou harmonia entre dois fatos ou duas ideias; relação harmônica, conexão. A coerência do Instagram consiste em realizar publicações com o seu propósito e tom de voz de forma contínua e que exiba a sua mensagem. Por exemplo, se o seu objetivo é se tornar um vendedor, é fundamental que cite sobre produtos e exiba-os de forma criativa e variada, além do universo referente à sua loja.

2. Frequência

 

  • Para aplicar a consistência e coerência, a frequência de posts é fundamental. Isso evita que haja unfollow (quando deixam de seguir o perfil) e mantém a sua audiência engajada. É importante que lembrem de sua marca.
  • O seu conteúdo ganha maior potencial de alcance, sendo mais visualizado pelas pessoas que estão no aplicativo.
  • Não é necessário publicar a todo o momento, mas o perfil inativo por longos períodos pode gerar a impressão de que seu projeto foi abandonado e as pessoas podem deixar de seguir.
  • Utilize ferramentas para agendamentos.
  • Organize as suas ideias em um calendário de conteúdo.

3. Audiência

 

A pergunta é: com quem você fala? É importante possuir audiência, mas também  abrir diálogo com ela. Para muitos, parece óbvio, mas vai além da simples frase:

  • Conheça as preferências para segmentar melhor os assuntos e realize publicações que interessam à sua audiência. Se existe interesse por temas culturais, por exemplo, vale investir em falar não apenas sobre filmes, mas também sobre livros, música e até criar playlists. vale expandir e variar os assuntos de acordo com as respostas.
  • Entenda o perfil demográfico do seu público com os dados disponibilizados pelo Instagram no Audience Insights – ferramenta de métricas disponíveis na conta business.
  • De acordo com o Instagram, os dados demográficos agregados baseiam-se em diversos fatores, incluindo informações de idade e gênero que os usuários fornecem em seus perfis do Facebook. Essa métrica é estimada. São elas:
    • Idade e gênero dos seus seguidores: a idade e o gênero de qualquer pessoa que o seguiu no intervalo de datas selecionado.
    • Quando seus seguidores estão no Instagram: a hora, o dia ou uma combinação de ambos que reflita quando seus seguidores usam o Instagram em qualquer dispositivo em determinada semana. Todos os horários são registrados no horário do Pacífico.
    • Países: os cinco países mais relevantes onde seus seguidores estão localizados.
    • Cidades: as cinco cidades mais relevantes onde seus seguidores estão localizados.
    • Observe também os horários e dias da semana em que os seus seguidores estão mais ativos na rede para publicar nod momentos em que a sua audiência está online.

3. Hashtags

 

  • Potencialize os temas criados: utilize hashtags para potencializar a visualização do seu conteúdo. Se o seu post fala sobre amor, utilize hashtags relacionadas ao tema.
  • Varie as suas hashtags de acordo com cada tema.
  • Evite hashtags que não tenham relação com o conteúdo.
  • Pesquise: a checagem evita o uso de hashtags que estejam ligadas a temas duvidosos ou que possam ter conotação sexual. Hashtags como sextou podem ser consideradas pornográficas devido ao envio de nudes, por exemplo.

4. Identidade visual da marca

 

  • Identidade visual é o conjunto de aspectos da sua marca. Logotipo (a imagem do perfil), também presente na marca d’água nos posts; uso de cores, fontes, texturas.
  • a identidade aplicada às fotos e aos vídeos para que a sua audiência reconheça que é você quem está publicando.
  • O Instagram possui uma ferramenta de GIFS na qual é possível inserir suas próprias animações no GIPHY e utilizar em posts, reforçando a identidade criada.

 

5. Publicações de conteúdo relevante e com qualidade

  • Imagens de boa resolução: evite imagens embaçadas, com grânulos e excesso de texto.
  • Adequar à realidade da sua audiência. momentos de vida, preferências (gostos) e pedidos realizados pelas pessoas.
  • Conteúdo focal: nas imagens, aposte em mais frases de impacto e menos textos longos. Stories possuem 3 segundos de visualização e a navegação fica mais fluida quando está com menos texto. é mais fácil de ler.
  • Formatos. Quadrado no feed e vertical nos stories: de acordo com o Instagram Business,  as medidas para o Instagram são 1:1 no Feed (uma imagem de resolução 1.000 x 1.000, por exemplo) e 9:16 no Stories (como 720 x 1.280).
  • Engajamento via enquetes, Caixa de Perguntas, chamadas e perguntas nos posts. os recursos dos Stories e texto nas publicações do feed auxiliam a abrir conversas e a conhecer a audiência.