A tendência dos influenciadores 100% virtuais e o lucro publicitário

O relatório “Gen Z Horizons” da Globetrender aponta a tendência do uso “influenciadores virtuais” e como eles provavelmente começarão a ser empregados por empresas, influenciadores e também no mercado de viagens, podendo até ultrapassar os lucros totais dos influencers humanos.

Virtual influencers são criados para serem novos personagens e também para ser o porta-voz digital dos próprios influenciadores “humanos”. É o caso da Satiko, da Sabrina Sato e da Pink, da Boca Rosa. Os mercados de viagens e produtos foram destacados no estudo como um espaço de publicidade desses avatars. Com o metaverso cada vez mais presente nos jogos e em evolução para compor universos de marcas, esses personagens ainda podem expandir os seus mercados e interagir nesses espaços por meio da realidade virtual.

De acordo com a pesquisa: “na indústria da moda, influenciadores de beleza de outro mundo gerados por computador já atraíram milhões de seguidores. Por exemplo, há Margot, Zhi e Shudu ‘a primeira supermodelo digital do mundo’, que já estrelou campanhas para a Fenty Beauty de Balmain e Rihanna. Eles são tão realistas que as pessoas muitas vezes não sabem que não são humanos de carne e osso. Depois, há ‘Músico, buscador de mudanças e robô’ Lil Miquela, ‘Jovem Robô Sex Symbol’ Blawko, sua ex-namorada Bermuda, uma loira com sua própria empresa de relações públicas que também representa artistas do mundo real Frank Ocean , Grimes e Björk. Esses três foram todos criados pela startup Brud, com sede em Los Angeles.”

Estimativa de lucro em posts patrocinados

No mundo, já existem diversas marcas com  influenciadores 100% digitais que são porta-voz de marcas, dentre eles, a Yoyo da Youcom e Baianinho das Casas Bahia. A estimativa do estudo da Globetrender é que Lu Do Magalu lucre mais de 40 mil por publicação e total de receita de mais de 68 milhões por ano. Lil Miquela pode ganhar até 213 mil reais por publipost. Barbie tem o potencial de ganhar mais de 213 mil reais por postagem no Insta se patrocinada, o que pode lhe render novas receitas publicitárias durante todo o ano.

+ Veja mais: influenciadores virtuais no Brasil. País é tendência na criação de personagens virtuais das marcas.

*Com dados de estimativas de lucro públicas do relatório Globetrender 2022.

ShutterStock Color Trends 2022 identifica cores do ano com Inteligência Artificial

A empresa de imagens Shutterstock divulgou relatório de cores que serão tendência no ano de 2022. Os especialistas em dados decodificaram tendências globais e também mostraram os tons mais populares em cada região. 

Cores populares

O rosa lidera no Brasil, Tailândia, Noruega, Países Baixos, Turquia, Reino Unido Canadá, Chile, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, França, Índia, Itália e México. O coral está em primeiro lugar na África do Sul,  Espanha, Taiwan, Rússia e Japão. Já na Alemanha e Argentina a maior tendência é do verde.

Método: Cores são identificadas por meio de inteligência artificial

“2021 foi um ano de ajuste de contas com o rescaldo do ano que foi. Agora, marcas e agências em todo o mundo estão adaptando suas paletas de cores para acalmar e evocar estabilidade e equilíbrio”, disse Flo Lau, Diretor de Criação da Shutterstock. “Estamos entusiasmados em levar nossos insights criativos para o próximo nível para o relatório deste ano com a inclusão da cor identificada com IA, ajudando os criativos a otimizar o impacto de seu trabalho com segurança. Com este relatório, queremos fornecer aos criativos o conhecimento indispensável para fazer escolhas ponderadas e impactantes em tudo o que estão criando. Temos a sorte de ter acesso às decisões de conteúdo de quase dois milhões de criadores em nossa plataforma, o que nos permite prever onde as mudanças estão acontecendo. Essas cores nos dizem que as pessoas estão olhando para tons naturais, terrosos e calmantes.”

Minimalismo e pastel

O Relatório de tendências de cores deste ano mostra uma abordagem mais discreta, minimalista e suave em comparação com os anos anteriores. Sem destaques chamativos, sem realces em neon, nada artificial – apenas simplicidade e elegância sutil. A serenidade é a chave em 2022 quando se trata de selecionar cores. Os dados destacam que os designers estão gravitando em direção a tons mais calmos e longe de tons intensos. O trio sereno de cores que definem a estética para 2022 inclui:

Rosa

ShutterStock Color Trends 2022. Imagem: Reprodução/ShutterStock

 

Rosa é “a cor de maior tendência do relatório deste ano traz à mente imagens de flores desbotadas, prensadas entre as páginas de um livro velho.” Embora a cor rosa possa ser mais pop, ela não combina bem com outros tons de rosa e pêssego. Já para o rosa do algodão doce, os criativos podem misturá-lo com a cor azul-petróleo claro para evocar um clima diferente, disse a Shutterstock.

Violeta Veludo

ShutterStock Color Trends 2022

 

A maior tendência do relatório deste ano é o violeta. Cor já havia aparecido nas tendências de 2022 com a cor Very Peri, da Pantone (confira aqui sobre Pantone Color of the Year 2022). O violeta veludo é a cor mais ousada no relatório, um tom vibrante de roxo com tons rosa, que lembra o luxo duradouro e a elegância da orquídea real. Esta cor é complemento natural para um tom contrastante de verde, como a cor esmeralda.

Verde

ShutterStock Color Trends 2022

 

“Graças à Shutterstock.AI, podemos detectar e compartilhar com você o padrão de desempenho e a taxa de sucesso de anúncios que usam cores específicas. Os dados deste ano mostram que tons de verde dominaram as taxas de cliques e conversões. Portanto, se você quer que seus projetos tenham desempenho profissional, considere adicionar um toque de esmeralda, jade, lima, menta e por aí vai.”

Coral

ShutterStock Color Trends 2022

Esse tom pastel suave semelhante a pêssego combina muito bem com outros membros da família pastel. Funciona especialmente bem com amarelo empoeirado e o rosa para dar um tom nostálgico ao seu projeto de design. Considere contrastá-lo com o céu azul para criar uma paleta natural e confortável.”

Com dados e informações do release oficial ShutterStock.